Proponente(s)
Liliana Rodrigues
Data criação
12-09-2019 17:05
Data atualização
10-10-2019 15:41
Municipal
Inclusão Social

Município(s):
Santa Cruz
Prazo (número de meses):
-
Orçamento (€):
38.500,00
Título da Anteproposta:
Aquisição de uma carrinha para o Projeto Renascer Nogueira +
Descrição da Anteproposta:
Sou coordenadora técnica de um projeto de intervenção social e comunitária, que pressupõe a sua intervenção nas áreas da formação e educação, empregabilidade e empreendedorismo social, e dinamização comunitária. O Projeto “Renascer Nogueira+”, surge como resposta social que pretende uma intervenção mais integrada e de maior eficácia, através do envolvimento da comunidade civil, do seu tecido empresarial, dos recursos governamentais e das entidades da economia social. É através de uma perspetiva de proximidade, que se pretender atingir a coesão social e igualdade de oportunidades. Nosso território de intervenção prioritária fica situado no Bairro Social da Nogueira, pertencendo à freguesia da Camacha, no Concelho de Santa Cruz. A sua localização geográfica é de difícil acesso às respostas sociais, quer equipamentos e instituições, caracterizando como socialmente vulnerável e frágil. Durante a nossa intervenção, temos vindo a articular com parceiros, com intuito de facilitar a mobilidade para a execução das atividades previstas. No entanto, nem sempre há disponibilidade ao nível dos recursos humanos, e logísticos. Desta forma, tendo vindo a desenvolver as atividades de acordo com as limitações existentes, onde a nossa de capacidade de abrangência poderia ser maior tendo este recurso ao nível da mobilidade. Um dos grandes pressupostos da nossa intervenção é a empregabilidade, visto que, a Taxa de Desemprego a nível nacional, em 2017, foi de 8,9%, inferior à da RAM (10,4%), sendo que o concelho de Santa Cruz (15,6%, possui a 2ª maior taxa da região, correspondente a 2463 indivíduos registados) e a freguesia da Camacha, que possui 17,1% da população do concelho com mais de 22,2% (548 indivíduos) dos seus desempregados, o que revela uma situação de fragilidade e vulnerabilidade a nível socioprofissional (IEM). De forma a dar resposta, à problemática social do desemprego, o Projeto tem gerado respostas ao nível da empregabilidade através de atividades formativas, de procura ativa de emprego, de empreendedorismo e empregabilidade, e experiências vocacionas em contexto real de trabalho, permitindo a integração no mercado de trabalho. Durante a execução do projeto, temos vindo a envolver anualmente uma média de 15 participantes em formações com duração de 20horas, e em estágios em contexto real de trabalho com duração de um mês, contudo, existem muitos mais jovens NEET interessados, e que acabam por serem excluídos visto a capacidade de resposta, no que concerne aos transportes que até à data são disponibilizados por um parceiro. Identifico a necessidade de transporte para as atividades de formação, a maioria das entidades formadoras certificadas localizam-se no concelho do Funchal, e não têm a possibilidade de desenvolver as ações formativas na nossa sede, como também é insuportável por parte dos participantes a aquisição de um passe social, assim como a necessidade de transporte destes para as experiências vocacionais é fulcral. Deste modo, e de forma a colmatar as necessidades de transporte, seria importante a aquisição de uma carrinha de 9 lugares para o projeto, em que nos possibilitaria envolver mais participantes com necessidades formativas e profissionais. A envolvência em atividades ao nível social, económico, saúde, cultural e recreativo, assim como a eficácia ao nível de resultados positivos conduzirá a uma inclusão social mais próxima. É necessário gerar respostas facilitadoras de inclusão social, e saliento deste modo, que a execução das atividades do projeto, permitem aos participantes a aquisição de competências sociais, cívicas, profissionais, culturas e desportivas, permitindo deste modo a integração na sociedade.
Outra Informação Relevante:
Esta proposta surge sempre que é realiza uma assembleia de jovens bimensal.
Documentos anexados