Proponente(s)
Mariana Vasconcelos
Data criação
03-09-2019 14:56
Data atualização
19-10-2020 15:51
Municipal
Inclusão Social

Município(s):
Porto Santo
Prazo (número de meses):
18
Orçamento (€):
34.000,00
Título da Anteproposta:
Aquisição de uma viatura para pessoas com mobilidade reduzida para o Lar de Idosos da Fundação de Nossa Senhora da Piedade
Descrição da Anteproposta:
A Fundação de Nossa Senhora da Piedade é uma IPSS, situada na Rua Semião Pestana, 9400-171 Porto Santo. É a única instituição na ilha com valências de estrutura residencial para idosos (28 utentes), centro de dia (10 utentes) e centro de convívio (28utentes). Neste momento a média de idades, dos idosos em estrutura residencial, é de 84 anos, todos eles com algum grau de dependência, onde cerca de 70% são totalmente dependentes nas suas atividades de vida diárias. Mais de 50% dos utentes que frequentam as outras valências possuem também alguns graus de dependência relativamente à sua mobilidade, possuindo auxiliares de marcha (andarilhos, bengalas e cadeiras de rodas) para conseguirem deslocar-se. A instituição possui uma carrinha de 9 lugares sem qualquer adaptação a pessoas com mobilidade reduzida. Esta viatura dá resposta, essencialmente, aos utentes que se encontram em centro de convívio e assegura o transporte para a instituição e para o domicílio. No dia a dia desta instituição, é cada vez mais difícil transportar os idosos devido às suas limitações físicas. Quando se planeia uma atividade ao ar livre não é possível levarmos todos devido às suas limitações. Quando um idoso necessita deslocar-se ao centro de saúde para uma consulta é necessário requisitar a ambulância para fazer o seu transporte. Esta situação causa alguns constrangimentos pois provoca desigualdades no acesso às atividades desenvolvidas pela instituição. Será importante referir que não existe nenhum veículo coletivo, adaptado, para pessoas com mobilidade reduzida na ilha do Porto Santo, o que, é deveras constrangedor, numa ilha turística onde se promove o turismo de saúde bem estar e onde a questão dos acessos, iguais para todos, deve ser um requisito de elevada relevância A aquisição de uma viatura desta natureza melhorava, sem dúvida, a qualidade de vida destes utentes, possibilitando à instituição uma maior autonomia na deslocação dos mesmos evitando que estes estejam circunscritos ao espaço residencial. Pensando nas necessidades da população em geral e no turismo, esta carrinha, poderia também, mediante a criação de protocolos interinstitucionais, dar respostas à necessidades da nossa população residente e turistas com mobilidade reduzida. Resumidamente, a aquisição deste veículo teria como principais objetivos: • Deslocação dos idosos com mobilidade reduzida para o exterior da instituição para atividades lúdicas ou para consultas médicas; • Transportar pessoas com mobilidade reduzida, que estão nos seus domicílios, de forma segura e confortável possibilitando a sua deslocação para onde pretenderem, mediante as suas necessidades; • Estabelecer protocolos interinstitucionais que permitam a rentabilização desta viatura, mediante as necessidades identificadas.
Outra Informação Relevante:
Consultei a empresa Futurvida,perita no fabrico de veículos especiais, que indicou-nos uma carrinha de 9 lugares com capacidade para 3 cadeiras de rodas. Marca Pegeout Boxer, 130 cavalos, a gasóleo.Será importante referirr que no orçamento encontram-se cabimentadas as despesas de manutenção e combustível para os 18 meses bem como o seu transporte para o Porto Santo.
Estado do Projeto:
Em execução
Documentos anexados

Evolução do Projeto

Publicado em JORAM

Publicado em JORAM contrato programa Resolução N.º 755/2020.

Documentos anexados

Fase inicial

Início de procedimentos para operacionalizar a execução do projeto, tendo sido já selecionado a entidade responsável para a aquisição da carrinha.

Foi elaborado uma proposta de contrato programa com a Fundação de N. S.ª da Piedade.